Sobre acessibilidade

Serviços

Notícias Mais Notícias

10/02/2021 - 09:45

 

A equipe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) realizou nesta terça-feira (09) a primeira reunião de alinhamento de ações do Projeto Parcerias Pelo Pará - Agenda do Desenvolvimento, Emprego e Renda, referente ao ano de 2021. Com a participação dos representantes das secretarias de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) e de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa), Banco do Estado do Pará (Banpará), Sistema OCB/Sescoop-PA e Programa de Microcrédito – Credcidadão, o encontro ocorreu na sede da Sedeme e possibilitou o balanço das ações desenvolvidas em 2020, além da avaliação das demandas dos setores produtivo e institucional, e da definição do cronograma e formato das próximas edições do projeto.

De acordo com Mauro Barbalho, coordenador da Diretoria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Serviço (DDICS) da Sedeme, a reunião foi fundamental para avaliar os nove encontros da primeira edição do “Parcerias Pelo Pará” e promover os ajustes necessários na execução do calendário deste ano. “Tivemos a oportunidade de ouvir os diversos órgãos parceiros deste projeto, para que nós possamos trabalhar com mais efetividade nesta nova fase. Ressalto que o cronograma dos eventos de 2021 ainda será aprovado pelos órgãos e entidades parceiras até o final desta semana”, adiantou o coordenador.

A diretora de Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Serviço da Sedeme, Andrelina Lima, ressaltou a importância da primeira reunião para mensurar e compartilhar os resultados positivos do Projeto Parcerias Pelo Pará com os demais integrantes da iniciativa. “Foi uma oportunidade para fazermos ajustes necessários, recebendo sugestões para as próximas edições, potencializando os resultados”, informou.

Para o diretor de Atração de Investimentos e Negócios da Codec, Manoel Ibiapina, o projeto promove uma união maior entre todas as instituições do governo do Estado. “Percebemos que hoje o governo estadual realmente trabalha de forma integrada, e nesta reunião conseguimos dar as nossas contribuições em termos de metodologia para otimizar e entregar um melhor resultado para o Pará e o povo paraense”, enfatizou.

Oportunidades - Na avaliação do gerente de Negócios do Banpará, Gabriel Landeia, “o projeto é muito bom, pois vislumbramos várias oportunidades de negócios e de melhorias, além do acompanhamento dos beneficiados por essa iniciativa. Apesar da pandemia que iniciou em 2020, obtivemos resultados positivos, inclusive fechamos várias negociações. Além disso, o contato e a conversa com os empreendedores foram proveitosos para a nossa equipe”.

O representante da coordenação do Credcidadão, Dênis Leão, observou que as últimas edições do “Parcerias Pelo Pará” foram positivas, acrescentando que “a partir desta iniciativa conseguimos ter a capilaridade de adentrar, realmente, no segmento específico do programa de microcrédito e identificar segmentos econômicos com fragilidades nesse campo do empreendedorismo”.

A presidente da Jucepa, Cilene Sabino, apresentou o Projeto Jucepa Itinerante, que visa percorrer 32 municípios nas 12 regiões de Integração do Pará, a fim de enfatizar a importância da adesão à Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios) aos novos gestores municipais, bem como intensificar melhorias no ambiente de negócios. "Estamos aqui para unir forças com os demais órgãos e a Sedeme para levar conhecimentos e ações que possam contribuir com o desenvolvimento do Estado do Pará”, ressaltou Cilene Sabino.

 

Fonte: Agência Pará